A toxoplasmose dentro e fora de casa!

Continuando nossa série sobre Parasitas, hoje é dia de falarmos do Toxoplasma gondii, um dos parasitas mais comuns do mundo, onde cerca de 1/3 da população mundial carrega.

Algumas pessoas nunca ouviram falar nesse parasita, porem em Santa Maria no RS em 2018, um surto de toxoplasmose já registra quase 600 casos.

A toxoplasmose não é contagiosa entre humanos, os felinos são os únicos animais em que o protozoário pode completar o seu ciclo.

 

 

Este parasita vive e se reproduz no organismo de felinos. Quando eliminados nas fezes estão prontos para infectar outros animais/pessoas que entrarem em contato com os dejetos. Em seu novo hospedeiro, o parasita adquire forma de cisto e se aloja em vários tecidos e órgãos, incluindo o cérebro, músculos e até mesmo o coração.

 

Em algumas pessoas os sintomas são semelhantes aos da gripe, porem na maioria das vezes, os sinais e sintomas são inexistentes.

 

A infecção pode ser adquirida por:

  • Ingestão de cistos através de latas, facas e frutas mal lavadas;

  • Ingestão de carne crua/mal cozida infectada com cistos, especialmente carne de porco e carneiro;

  • Por intermédio de infecção transplacentária, ocorrendo em 40% dos fetos de mães que adquiriram a infecção durante a gravidez.

Existem cada vez mais evidências na literatura que as consequências psicológicas da infecção são muito graves. Em um estudo, mulheres infectadas com quantidades altas de Toxoplasma apresentavam maior tendência a ter filhos esquizofrênicos.

Estudo realizado com ratos infectados relata que, os antipsicóticos funcionavam tão bem quanto antiparasitários para restaurar o comportamento, confirmando as similaridades entre problemas psicológicos e infecção por toxoplasma.

 

Cientistas descobriram uma ligação entre suicídio de pessoas que já apresentavam transtornos mentais e infecção parasítica. Na Dinamarca, mulheres com infecções por Toxoplasma tinham tendência 54% maior de tentar acabar com a própria vida e o risco de tentar o suicídio foi positivamente relacionado com o grau de infecção.

 

Uma explicação é que o nosso sistema imune pode ser o “culpado” pelas alterações. Isso porque, quando somos infectados com um parasita, nosso sistema imunológico ataca esse “corpo estranho” e produz moléculas chamadas citocinas. E altos níveis de citocinas estão ligados à depressão e a tentativas de suicídio, segundo estudos.

 

Os produtos vibracionais são exemplos de terapias que realizam a neutralização dos parasitas e auxiliam o corpo a manter o equilíbrio.

Solicite mais informações sobre os produtos Quantic Life: (51) 99235.2872 ou contato@quanticlife.far.br

#quanticlifebrasil #terapiaquantica

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Artigos Recentes

July 18, 2019

March 28, 2019

Please reload

  • Facebook - Círculo Branco
  • Instagram - White Circle
  • YouTube - Círculo Branco

Horário de atendimento: segunda a sexta-feira, das 8h30min às 12h e das 13h30min às 18h.

© 2020 Quantic Life Comercio e Manipulação de Essências Vibracionais  Ltda | Fotos dos produtos: Marisa Grahl Saucedo | Todos os direitos reservados.