Dor de cabeça e enxaqueca: conheça algumas formas de se livrar delas

Certamente você já sofreu com algum tipo de dor de cabeça. Ela pode ter sido leve ou forte, mas independente da sua intensidade, tenho certeza que ela não foi nada agradável, não é mesmo? Infelizmente, para algumas pessoas, a cefaleia é tão forte que incapacita a execução de simples atividades habituais.

 

Existem dois tipos de dores de cabeça: as primárias e as secundárias. Chamamos de primárias aquelas cefaleias onde a dor por si só é o problema, sem que haja alguma causa por trás. Já as dores de cabeça secundárias são aquelas que têm alguma outra causa ou doença relacionada, como por exemplo as que acontecem durante uma gripe, sinusite, meningite ou até mesmo, em casos mais graves, um tumor cerebral.

 

A enxaqueca é classificada como uma dor de cabeça primária, por ser um tipo de cefaleia pulsátil, com duração de até 72 horas, unilateral e que não existe uma doença desencadeante. No entanto, alguns fatores podem fazer com que a dor apareça. Quem sofre de enxaqueca já conhece quais são esses gatilhos e muitos sabem quando a dor irá aparecer, pois um fenômeno chamado de aura, normalmente, antecede os episódios. A aura varia de pessoa para pessoa, pode ser desde a visualização de flashes luminosos, manchas escuras como mosaico, ou até mesmo dormência ou formigamento de um ou ambos os lados do corpo.

 

Entre os fatores desencadeantes mais comuns, podemos citar um jejum prolongado, cheiros muito fortes, dormir pouco, oscilação hormonal e alguns alimentos, como o queijo, frutas cítricas, glúten, lácteos, açúcar, alimentos processados, café, aspartame e álcool. Os sinais e sintomas mais característicos são náuseas e vômitos, irritabilidade, tontura, sensibilidade à luz e ao som. O tratamento visa a redução dos sintomas quando em crise, podendo ser através de medicamentos e medidas preventivas, principalmente, evitando os fatores desencadeantes que já são de conhecimento do paciente.

 

Uma das técnicas terapêuticas muito importantes na prevenção é a terapia de desintoxicação do terreno biológico. Muitos metais tóxicos podem estar atuando nos quadros de cefaleia. Eles modificam toda a estrutura das enzimas e podem ser fatores de interferência no sinal neuronal. Não é de se espantar que durante o processo de desintoxicação orgânica, muitos pacientes relatem uma melhora significativa nos seus quadros de dores de cabeça. Outro fator importante é sempre questionar sobre a ingesta de água. Não somente líquidos no geral, mas água mesmo, e de boa qualidade. O nosso cérebro precisa de boa oxigenação para funcionar e a dor de cabeça pode ser um primeiro sinal de que precisamos oxigenar melhor. Beber mais água ajuda nesse processo, fazendo com que nossas células sanguíneas fiquem mais diluídas e um sangue não tão viscoso circule com mais facilidade.

 

Porém, não subestime sua dor e não se automedique. Busque orientação profissional correta para que outras causas possam ser descartadas e para que o quadro não seja agravado com tratamentos inadequados.

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Artigos Recentes

July 18, 2019

March 28, 2019

Please reload

  • Facebook - Círculo Branco
  • Instagram - White Circle
  • YouTube - Círculo Branco

Horário de atendimento: segunda a sexta-feira, das 8h30min às 12h e das 13h30min às 18h.

© 2020 Quantic Life Comercio e Manipulação de Essências Vibracionais  Ltda | Fotos dos produtos: Marisa Grahl Saucedo | Todos os direitos reservados.